Relatório de Segurança Anual Cisco 2011

Relatório de Segurança Anual Cisco 2011

Interessante. Sobretudo na vertente de forecast das tendências para o futuro. Acho especialmente interessante a previsão que designaram por Bring Your Own Device, segundo a qual, no futuro, e por exigência dos próprios colaboradores, os equipamentos utilizados para aceder e manipular informação corporativa, ao contrário da realidade actual, serão equipamentos próprios, dos colaboradores, e poderão assumir quaisquer formas, as formas que melhor se adaptarem ao papel que têm que desempenhar.

Se algumas das tendências previstas pela Cisco ganharem forma, iremos assistir a uma luta interessante entre os utilizadores, de um lado, os gestores dos sistemas de informação, de outro lado, e, finalmente, no terceiro eixo, os responsáveis pela gestão da segurança. E porquê? Porque os requisitos de acesso a todos os recursos, internos e externos às organizações, incluindo redes sociais, em qualquer momento, em qualquer lado, e a partir de qualquer dispositivo, estes requisitos, irão aumentar a exigência de acessibilidade às aplicações e aos dados, irão derrubar as barreiras físicas e alguns dos controlos virtuais que existem hoje, e, por consequência, será mais difícil proteger a informação corporativa.

Mais: Segundo este relatório, o sentido de responsabilidade pela segurança dos sistemas e da informação, na óptica dos utilizadores, está sempre do lado de quem gere estes recursos – nem tanto do seu próprio lado.

O que torna a reflexão sobre este cenário mais importante, da minha perspectiva, é que a experiência mostra-nos que, regra geral, estas tendências não morrem na imaginação: concretizam-se. E o papel da segurança, mais do que actuar como um travão que impede a evolução dos paradigmas, passa por encontrar as melhores formas de, em simultâneo, aceitar e permitir a satisfação dos novos requisitos, garantindo a protecção dos sistemas e da informação manipulada.

Mas por ora chega de conversa. O relatório é que é uma realidade, está disponível no espaço da Cisco, é um PDF como tem que ser, e podemos transferi-lo a partir de cisco.com/...

Take a peek.