Alexander Crystal Seer

O que vai mudar na segurança em 2012

No essencial, e numa palavra apenas: nada. Os ataques serão basicamente os mesmos, embora seja previsível que se tornem mais sofisticados, e as defesas, na prática, também serão as mesmas. Porquê? Porque a segurança só é reforçada quando as pessoas sentem medo. Isto é um facto. Medo. Medo pela sua vida ou pela vida dos seus, medo pela perda de bens financeiros, e medo pela perda de poder e reconhecimento pelos pares. E apesar das ameaças e dos ataques estarem em evolução, ainda não atingimos um nível de caos suficiente, generalizado, que faça disparar essas emoções. Em 2012? Não. Ainda não. Mas não creio que estejamos a melhorar substantivamente para evitarmos esse destino. Porquê? Porque, por estranho que pareça, não temos medo de termos medo.