Vale a pena sensibilizar? Ou devemos treinar a sério?

As campanhas de sensibilização para a segurança podem ser importantes, é um facto, mas pergunto-me se o valor real dessas acções é mesmo significativo. Será? A difusão de boas práticas e a divulgação de manuais com parametrizações serão eficazes? Ou, em alternativa ou complemento, será melhor treinar as pessoas directamente? Andamos a perder tempo? Terá chegado o momento de elevarmos o esforço mais um grau? Qual é a tua opinião?