Mais segurança no Facebook

Por tópicos:

  1. Os nossos bons amigos do Facebook lançaram há pouco um centro dedicado à segurança familiar. Designa-se Family Safety Center, ainda não está totalmente traduzido para Português (é um cocktail de Inglês e Português), mas já inclui alguns recursos interessantes para pais e educadores. Não é o Grall, mas demonstra que vão no caminho certo; uma boa intenção (ou um reflexo devido às pressões dos políticos Norte-Americanos, conforme o vosso grau de cinismo ; ) ... ). Está disponível por aqui: facebook.com/safety;
  2. Continuam a publicar conteúdos específicos sobre segurança e privacidade. Não são novidades mas vale a pena recordar-vos que existem e partilhar os endereços: facebook.com/security e facebook.com/fbprivacy;
  3. Reforçaram a segurança das comunicações, i.e. as nossas comunicações podem ser protegidas por cifra enquanto atravessam a rede. Já era possível activar o protocolo SSL nas ligações ao Facebook (mais conhecidas por HTTPS), mas sempre que utilizávamos uma aplicação ou um jogo que não comunicava dessa forma, a configuração era revertida para o modo sem segurança e não voltava a ser activada. Querem saber como activar este controlo? Sigam por aqui: miguelalmeida.pt/...
  4. Finalmente, a cerejinha no topo do bolo: pretendem activar a autenticação dos utilizadores através de dois factores. Dito de outra forma, sempre que entrarem no Facebook a partir de um computador que ainda não tenham utilizado, será enviado um SMS para o vosso telemóvel para confirmarem que são mesmo vocês a entrar. Este controlo ainda não está activo – é um processo em curso.

Em relação aos três primeiros pontos, nada mais a acrescentar. Em relação ao quarto ponto, alguns comentários adicionais:

  1. Já é possível recebermos um SMS no nosso telemóvel sempre que entrarmos no Facebook (nós, ou alguém a fazer-se passar por nós) a partir de um computador desconhecido. Não é um travão; é um alerta que pode ser útil para nos avisar que a nossa conta foi comprometida e que devemos mudar rapidamente a password;
  2. O envio de mensagens para o nosso telemóvel implica, como é óbvio, a partilha desse número com o próprio Facebook. Aliás, vou dizer de outra forma: a partilha desse número com as pessoas que controlam o Facebook. Essa informação, apesar de não ser, na generalidade dos casos, uma informação estritamente confidencial, pode tornar-se muito sensível se cair nas mãos erradas – e isso pode acontecer, por exemplo, se o Facebook for comprometido por uma falha de segurança. A decisão é vossa, como é óbvio, e deve ser ponderada à luz da vossa própria avaliação do risco;
  3. Se decidirem partilhar o telemóvel e activar esse controlo, devem fazer o seguinte:
    1. Conta → Definições de conta → Telemóvel
      e seguirem as instruções a partir daí para definirem o número do telemóvel, e as várias opções de envio e recepção disponíveis;
    2. Conta → Definições de conta → Segurança da conta
      e activarem, de passagem, os três controlos de segurança:
      • Navegar no Facebook numa ligação segura (...)
      • Enviar-me um e-mail
      • Enviar-me uma mensagem de texto
    3. Conta → Definições de privacidade → Personalizar definições
    4. e procurarem o vosso número de telemóvel (deve estar no final da página) para definirem quem vai poder vê-lo. Ou seja, Todos, Amigos de amigos, Apenas amigos, ou Personalizado. Se quiserem que não seja visível por ninguém, escolham Personalizado → Apenas eu
  4. Já que estão com a mão na massa e a ler coisas sobre segurança, aproveitem e verifiquem as vossas definições de privacidade. Ou seja, seguindo por Conta → Definições de privacidade → Personalizar definições, vejam lá se a parametrização corresponde mesmo àquilo que pretendem.

E pronto, não tenho mais nada para acrescentar hoje; já disse tudo. Se acharem que esta informação pode ser útil para outras pessoas, já sabem, partilhem. ; )