Operação b107: A decapitação da botnet Rustock

Peter Bright, na Ars Technica:

A botnet Rustock, responsável, no seu auge, pelo envio de 30 mil milhões de mensagens não-solicitadas por dia (!), ficou silenciosa na passada Quarta-feira. Os seus servidores de comando e controlo, responsáveis pela direcção de milhões de computadores recrutados para a rede e pela determinação das mensagens a enviar, foram desligados. Sem as cabeças para comandar a botnet, a inundação de mensagens parou.

in How operation b107 decapitated the Rustock botnet.

Uma boa notícia e um artigo interessante que descreve a forma como foi destruída. Good read.