Os Portugueses no Facebook e a privacidade

Aparentemente, consideram-na irrelevante. No Diário Económico:

A preocupação das pessoas sobre a privacidade na Internet é praticamente nenhuma. Analisámos mais de 78 mil perfis do Facebook e todos têm acesso completamente público, disse hoje à agência Lusa Francisco Rente, do Centro de Investigação em Sistemas (CISUC) da Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC).

in Utilizadores (...) não dão importância à privacidade.

O que me parece é que as pessoas, de uma forma geral, (i) não sabem que a informação fica exposta e (ii) não sabem como alterar a sua visibilidade.

Dito isto, se consideras que a privacidade é relevante mas nem sabes como és visto(a) no Facebook, nem sabes onde restringir o acesso, podes fazer duas coisas:

  1. Entrar no Facebook a partir da conta tst20110104@gmail.com (a password é XcE9IQqf3sCHpnBk) e endereçares o teu próprio perfil. Ficas a saber, assim, qual é a informação que está visível para o público; e, em seguida,
  2. Terminar essa sessão e entrar no Facebook com a tua conta, dirigires-te às opções de privacidade (Conta → Definições de privacidade) e afinares os controlos para irem ao encontro do que, para ti, for mais importante.

Nota: Esta conta visa exclusivamente ajudar as pessoas a melhorar os seus controlos de privacidade, e vai ficar disponível durante uma semana. Por favor, não mudem a password nem aproveitem a conta para fazerem parvoíces : ) Se quiserem andar na palhaçada, criem outra conta para esse efeito. Ok? Thanks! ; )