O cérebro, a última fronteira

Margery Conner:

O corpo humano – especialmente o cérebro – pode ser a última fronteira para os hackers. A mesma curiosidade que leva os utilizadores a abrirem aplicações para verem como funcionam e depois melhorarem-nas ou modificarem-nas, é ainda mais relevante para o cérebro (...) Um novo headset, o Emotiv Epoc, está à venda por aproximadamente 200 Euros e é simples de usar: Retira-o da caixa, liga-o ao teu PC, coloca-o na cabeça, gasta um momento com os exercícios incluídos que permitem aos algoritmos do headset aprender os teus padrões de ondas cerebrais, e podes começar a manipular imagens virtuais no teu PC com o teu cérebro. Com este tipo de equipamentos, torna-se possível o hacking do teu próprio cérebro.

in To hack the brain, you need to hack the hardware.

Parece-me improvável mas, olha, a mim dava-me jeito, sim, senhora. Tenho aqui uma zona que precisa urgentemente de levar um patch : )