Mais coisas que a Internet pode saber sobre TI

Mais uma em registo de foice, uma receita muito simples, desta vez para quem tem conta e usa alguns serviços da Google:

  1. Definir um alerta personalizado em Google Alerts;
    • Inserir nos termos de pesquisa, por exemplo, o vosso nome, ou o endereço de correio electrónico, ou uma das vossas páginas, blog, etc — O que vos fizer sentido1;
    • No campo tipo, escolher Tudo — A pesquisa vai incidir sobre todo o conteúdo disponível online;
    • Em relação à frequência, a minha sugestão vai para uma vez por semana para não terem a caixa de correio inundada com falsos positivos, todos os dias;
    • O tamanho do email sugiro que fique marcado nos 50 resultados; e
    • O endereço de correio electrónico, obviamente, é o vosso.
  2. Gerir os alertas (adicionar, remover, editar) daqui por diante, através da interface de gestão do serviço; e
  3. Divulgar esta recomendação, se considerarem que pode ser útil.

Atenção: Este serviço não está limitado, como é óbvio, a definirem alertas que vos notifiquem sobre informação relacionada convosco próprios; é uma evidência. But use it wisely, Luke — Beware the dark side of the Force...

1 Para reduzir o número de falsos positivos, devem introduzir os termos de pesquisa entre aspas, e.g. "Nome Apelido", "Nome Nome Nome Apelido". E também podem combinar vários elementos na mesma pesquisa, separando-os pela palavra OR, e.g. "Nome Apelido" OR "Nome Nome Apelido" OR "Endereço-de-correio-electrónico" OR "O-que-bem-entenderem".