As "bolachinhas" em flash e a [falta de] privacidade

Pensavam que bastava desligarem ou apagarem as cookies do Internet Explorer (ou de qualquer outro browser) para não deixarem rasto online? Think again...

Michael Kassner, na secção sobre IT Security da TechRepublic:

Local Shared Object (LSO) or Flash cookie, like the HTTP cookie, is a way of storing information about us and tracking our movement around the Internet. Some other things I learned:
  • Flash cookies can hold a lot more data, up to 100 Kilobytes. A standard HTTP cookie is only 4 Kilobytes.
  • Flash cookies have no expiration date by default.
  • Flash cookies are stored in different locations, making them difficult to find.

Para além de explorar as características desta técnica, e apresentar algumas estatísticas sobre a sua utilização (que é alargada), o artigo inclui também sugestões para limitar a sua eficácia. É interessante observar que o autor encerra o texto de uma forma que, se o travo sarcástico não fosse óbvio, pareceria um bocadinho naïf:

I thought we were past unannounced tracking of our movements on the Internet. If the technology is so innocent, make tracking an opt-in feature.

Pois... certo...

Vale o tempo: Flash cookies: What's new with online privacy