Instalem uma firewall na ligação à Internet

Uma das formas mais simples e mais antigas de atacar um computador consiste em estabelecer uma ligação directa a um dos serviços que estejam activos, enviando pacotes de dados que procuram explorar uma vulnerabilidade ou, eventualmente, tentam entrar adivinhando uma password de um desses serviços.

Esta forma de ataque não tem que ser conduzida manualmente por uma pessoa; pode ser automatizada e ser realizada por um programa. Na verdade, existem muitos programas que fazem precisamente isto – chamam-se worms. Neste preciso momento, estão activas milhares destas worms a enviar milhões (!) de bits para toda a Internet, na tentativa de penetrar as defesas dos computadores e infectá-los com vírus e programas que espiam a nossa actividade online.

Actualmente, as novas versões dos sistemas operativos, e.g. Windows XP ou Mac OS X, já incluem filtros que evitam a passagem desses pacotes de dados para o computador. São as chamadas firewalls. No entanto, nem sempre estão activas (por falta de configuração) ou podem elas mesmas conter vulnerabilidades que são alvo de ataque.

Com o objectivo de reforçar a segurança da nossa ligação à Internet, a forma mais eficaz e mais simples de filtrar estas comunicações consiste na instalação duma pequena firewall ou de um router (com filtragem) entre os nossos computadores e o modem que estabelece a ligação à rede.

Existem muitas opções no mercado e a preços acessíveis. Qualquer hipermercado ou loja de informática tem disponíveis estes equipamentos. A minha sugestão para hoje é esta: comprem uma firewall ou um router e filtrem a vossa ligação à Internet. A instalação é muito simples e a protecção acrescida vale bem o dinheiro (!)